Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2018
Região do Cariri

Assaltante morto em Crato num confronto com a polícia já tinha trocado tiros com PMs em Juazeiro

Publicada em 27/01/18 as 14:33h - 23 visualizações

por Por Demontier Tenório Miséria.com.br


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Pedro Paulo já tinha trocado tiros com a polícia em Juazeiro quando tinha apenas 19 anos de idade (Foto: Arquivo Miséria))

Familiares de Pedro Paulo Luis Leandro, de 24 anos, o "Pedrinho" que residia na Rua João Crispim (Aeroporto) em Juazeiro, estiveram no início da noite na Perícia Forense quando o identificaram. Ele morreu às 13h30min de ontem na sala de reanimação do Hospital São Camilo em Crato momentos após ser alvejado a tiros numa intervenção policial. O mesmo respondia procedimentos por assaltos e tráfico de drogas e seu comparsa foi preso.

No final da manhã uma Patrulha da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) fazia blitz no Km 08 da CE-292 (Bairro Palmeiral) em Crato quando uma equipe do GTR Motos avisou aos colegas sobre um Voyage de cor preta e placa fria NTW-7346 cujo motorista fazia manobras perigosas no sentido Juazeiro/Crato. Ao se aproximarem da barreira policial, o mesmo deu um "cavalo de pau" para retornar ao Juazeiro e os PMs decidiram ir atrás ante a suspeita de procedência duvidosa do veículo.

A perseguição terminou sobre o viaduto quando o veículo enveredou na contramão, o motorista parou e desceu do carro com o seu comparsa para adentrar o mato. O comandante que vinha logo a seguir notou que "Pedrinho" estava armado e apontou o revólver para o oficial que sacou sua arma e atirou três vezes atingindo o acusado que, mesmo assim, pulou a grade de contenção do viaduto com o seu parceiro Sueanderson Jordi Araújo Dias, de 23 anos, residente na Rua João Marcelino (Pio XII) em Juazeiro.

Foi solicitado o imediato reforço chegando militares do RAIO, Batalhão de Divisas e Policiamento Ostensivo Geral (POG). Momentos após a prisão de ""Daozim" - como é apelidado - os PMs se depararam com "Pedrinho" agonizando ao lado de um revólver calibre 38 tendo três cartuchos intactos. Eles o socorreram ao hospital São Camilo, onde faleceu. De fato, o carro era roubado no Pernambuco, estava com placa fria e "Daozim" terminou autuado para responder por crime de receptação.

No último dia 17 de janeiro "Pedrinho" tinha sido preso por uma patrulha do Comando Tático Rural perto de sua casa quando pilotava uma moto Honda Biz de cor preta e placa HYA-5852 e ainda atirou nos policiais. Ele estava com um papelote de cocaína e, na sua residência, os PMs encontraram mais 92 gramas de cocaína, uma balança de precisão e uma moto Honda Biz 125 ES de cor preta e placa OCR-4177 com queixa de roubo.

O mesmo tinha apenas 19 anos quando trocou tiros com a polícia em Juazeiro pela primeira vez quando PMs do Cearpa e Pernambuco se juntaram à procura do que consideravam uma perigosa quadrilha interestadual refugiada nos bairros Aeroporto e Pedrinhas. Foi no dia 1º de Julho de 2012 e "Pedrinho" terminou preso mais cinco comparsas na Rua Antonio Ferreira de Lima. O cabeça do grupo seria Cleiton Alves Feitosa, de 28 anos, que conseguiu fugir.

Na época, a polícia informou que este último tinha comandado uma fuga em massa da cadeia de Belém de São Francisco (PE) e matado uma pessoa sentada no banco dos réus quando era submetida a julgamento em Floresta. Em Juazeiro, os policiais cearenses e pernambucanos foram recebidos à bala e o grupo - acusado de assalto ao Bradesco de Mauriti - tentou fugir por cima dos telhados das residências vizinhas mais foi feito um cerco com o apoio do helicóptero da CIOPAER.

Além de "Pedrinho", foram presos Claudiano Antonio da Silva, de 32, Luciano Oliveira da Silva, de 30, Ariedson Michael de Alencar, de 26, Eduardo Ferreira da Silva, de 19 e Círo Geraldo da Silva, de 21 anos. No imóvel, os PMs encontraram um revólver calibre 38 com cinco cartuchos, um carregador de pistola 9mm, um carregador de pistola 380, oito cartuchos calibre 38, três cartuchos calibre 44 e um cartucho 9mm, muita maconha, oito óculos da Ferrovia, 72 relógios e 82 suportes de plástico para relógios roubados da Joalharia São Geraldo em Juazeiro

Já no dia 5 de agosto de 2014 "Pedrinho" voltou a ser preso na localidade denominada Vila Nova no Bairro Pedrinhas. Na época, residia na Rua Aécio Bezerra Mariano onde os policiais apreenderam cerca de 3 kg de crack e mais  100 gramas de cocaína que o mesmo assumiu ser dono. Outros dois homens estavam no imóvel, porém se apresentaram apenas como usuários e foram levados à 20ª Delegacia Regional de Polícia Civil para servirem como testemunhas.



Por Demontier Tenório
Miséria.com.br



Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.







Nosso Whatsapp

 (11) 9 4615-7161

Visitas: 12267
Usuários Online: 18
Copyright (c) 2018 - Araripe News