Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2018
Brasil

Gate é acionado após suspeita de bomba em local do massacre em Cajazeiras

ESQUADRÃO ANTIBOMBAS

Publicada em 28/01/18 as 01:24h - 23 visualizações

por Araripe News


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Foto: Reprodução  (Foto: (Foto: Evilázio Bezerra/ O POVO))

Uma equipe do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi na tarde deste sábado, 27, ao local da chacina onde 14 pessoas foram assassinadas em uma mesma ação, no bairro Cajazeiras, em Fortaleza. Uma suspeita de bomba levou policiais do esquadrão antibombas à casa de show conhecida por "Forró do Gago".

Segundo o presidente do sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Estado do Ceará (Sinpol-Ce), Francisco Lucas de Oliveira, o Gate analisou o artefato e concluiu se tratar de uma bomba de gás lacrimogêneo. "Deve ter sido usado na ação (dos criminosos). Por sorte não estourou", disse Francisco Lucas.

O crime

Um grupo armado chegou em três veículos, invadiu a festa e começou a disparar contra as vítimas. Conforme policiais militares que pediram para não serem identificados, a chacina foi motivada por disputa entre facções.

Vítimas

Um paciente em estado grave está sendo atendido no Hospital Edmilson Barros, o Frotinha de Messejana. Ele é um dos nove sobreviventes da chacina de Cajazeiras, a maior chacina da história do Ceará. Outras nove pessoas passaram por atendimento no Instituto José Frota.


Clique na imagem para abrir a galeria(Foto: Evilázio Bezerra/ O POVO)
Chacina em Fortaleza: confira galeria de fotos
Redação O POVO Online



Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.







Nosso Whatsapp

 (11) 9 4615-7161

Visitas: 12321
Usuários Online: 71
Copyright (c) 2018 - Araripe News